A descoberta do autoconhecimento

Nunca fui um exemplo de atleta na escola. Gostava de vôlei, mas odiava os treinos mais intensos que envolvessem corrida e principalmente os esportes de contato com o adversário. Mesmo com uma irmã personal trainer, nunca conseguia evoluir nas passadas e ficar 10 minutos correndo na esteira era uma verdadeira penitência. Por ironia do destino, depois de começar a praticar boxe para aliviar a tensão do dia a dia, descobri que o esporte me fazia um bem enorme e que os treinos de corda tinham ajudado e muito, na resistência para começar a correr. Logo já estava correndo 20 minutos e quando percebi a atividade era algo que tinha se tornado um dos momentos mais esperados e desejados para terminar ou começar um dia.

Fiz uma primeira prova de 5k com minha irmã (que sempre foi uma grande incentivadora e até hoje ajuda amigas e alunas a chegar na linha de chegada, nem que seja puxando pela mão) e consegui completar com tranquilidade. Aquela foi a primeira conquista depois de muitas que viriam, mas foi um marco.

Percebi que a disciplina e a determinação da corrida também me ajudavam e outras metas e objetivos da minha vida. E assim, mesmo com viagens de trabalho, o tênis estava sempre na mala e ainda que tivesse que acordar às 6h, dava um jeito de não perder o ritmo e incluir as passadas pelo menos 2 vezes por semana.

Lembro com saudades das corridas na areia na Praia do Futuro em Fortaleza, do resfriado que peguei depois de uma corrida na chuva no Rio de Janeiro e também de cada pássaro no lago do Parque da Aclimação que costumava correr aos finais de semana. Aquele era “meu momento”, só meu, em que a única preocupação era com a respiração certa para completar mais um quilômetro daquele trajeto, deixando para trás o peso da semana e sentindo apenas que a exaustão física trazia uma sensação de leveza para o corpo e a mente. Sim, fazia praticamente uma limpeza de pensamentos percebendo a cada treino como eu reagia e evoluía. A corrida se transformou na melhor forma de autoconhecimento para mim.

Por Cristiane Moraes

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

É free, é para VOCÊ ...

Apoie este projeto no Catarse

Testes, planilhas e mais...

Nosso canal no Youtube

Fechar Menu
×
×

Carrinho